Clínica Social

Por um mundo em que possamos escolher ser baratas sem medo de ser pisad@s. Nosso trabalho é voltado para a desconstrução das relações coloniais, relações de propriedade e de opressão, marcadas por racionalidades machistas, racistas, classistas e sexistas.

A Clínica

A Clínica

Buscamos ser um espaço em que corpo, pensamento e sentimento possam fazer as pazes e dialogar a partir de uma perspectiva ética e solidária, lugar caro à psicanálise, e também à outras práticas de escuta e cuidado. Prezamos por uma escuta atravessada pelas patologias da sociedade, que possibilite a desindividualização dos sofrimentos, sem deixar de reconhecer singularidades, proporcionando reconhecimento, autonomia e autenticidade.

O Social

O Social

Ainda que sempre tenhamos oferecido atendimento a quem interesse, sem estabelecer valores inalcançáveis que somente reproduzem lógicas classistas de quem pode ou não ter acolhido seu sofrimento, a proposta da Clínica Social é ampliar a oferta de nosso trabalho abrindo espaço para que psicanalistas e outros profissionais da área possam se juntar.

Como Funciona

Como Funciona

Nesse sentido, abrimos nossas portas para acolher psicanalistas e profissionais da saúde alinhad@s com essas perspectivas, dispost@s a atender a baixo custo, conforme a disponibilidade do paciente, pagando um aluguel de sala proporcional, que não onere o profissional, mas que possa contribuir na construção desse espaço. Há uma taxa mínima de R$100,00, que dá a@ profissional o direito de um horário semanal fixo na agenda da sala, e mais a liberdade de marcar entrevistas com novos pacientes interessados, conforme disponibilidade semanal. Para cada novo horário fixo solicitado, o valor pago pela sala será proporcional ao acordo estabelecido com o paciente, sendo o valor mínimo de contribuição por hora R$10,00. Importante frisar que a administração da casa não fará qualquer controle do valor recebido pelo terapeuta, ficando este a cargo de repassar o valor que considere justo, levando sempre em consideração suas necessidades pessoais de existência e as necessidades de cuidado e sustentação do espaço.